--> Your SEO optimized title

quarta-feira, 6 de abril de 2011

E com a palavra o noivo....

Olá meninas... Hoje o noivo Gleisson fica com a palavra!!!
Faço questão de dar esse espaço pra ele, pois é raro encontrar noivos tão participativos e presentes nos preparativos.. 



Restando apenas 6 meses para o meu casamento e vendo o desespero da noiva, estou começando a ter noites mal dormidas, cansaço durante o dia e paranóia por sites informativos de casamento. Em uma conversa com o cerimonial contratado, fizeram tantas perguntas sobre os detalhes do casamento que eu comecei a ficar meio tonto e pedi pra parar ali, bem no meio. Pra mim casamento era assim: Um espaço, um fotógrafo, bebidas, comidas e um ótimo vestido para noiva. Pois bem, não é! E agora, especialmente noivo, que me integro nesse mundo de casamentos e que percebo a infinidade de coisas que são necessárias para se ter um casamento perfeito, à moda da noiva (do jeito que ela sempre sonhou).

São tantos detalhes e tantas regras encima somente dela que passei a ser mais presente em todas as decisões, a começar pelos valores que são minha maior preocupação, não pretendia ultrapassar o orçamento, mas como não enxergo mais essa possibilidade, pelo menos que ele fique dentro de um limite pagável, porque ainda temos o acabamento do apartamento novo e os móveis para adquirir. Agora corro de site em site para descobrir os melhores serviços e os que apresentam os mais baratos, para que assim não falte nada!

Assim que conheci a Thaís, que apesar de nunca termos nos visto, tem me ajudado muito no quesito preparativos de casório para noivo que nem sabe o que falta. Ela e seu famoso blog inspira-nos e gostaria muito de que não parasse, pelo menos até os próximos seis meses, e que fique inspirada a escrever todas as noites sem descansar! Acho que pedi demais.

Porém vou cumprir agora a minha promessa de fazer um relato do noivado que fiz à mais ou menos 4 meses atrás para ela, quando conversamos pela primeira vez pelo twitter. Será o agradecimento que posso te dar, por enquanto neste momento.

Pois bem... Estou noivo à 6 meses e conheço a noiva à mais de 10 anos. Já estávamos namorando a um longo tempo e havíamos começado a 4 meses antes a reforma do apartamento. Por mais que tudo indicasse o casamento e o noivado, ainda não tinha sido formalizado. E eu, como a conheço bem, não esperava que eu tomasse uma atitude dessas, já que sabia que eu não gostaria de fazer uma declaração de amor em público. Mais optei por uma coisa bacana, simples e memorável. Então escolhi um restaurante pelo Google que não tínhamos ido ainda para comemorar o aniversário de namoro atrasado. De presente, também atrasado, dei um vestido que ficou ótimo nela, e me vesti de terno preto, com camisa preta, sem gravata (como ela sempre me pedia). Acertei em cheio, o Anella é um restaurante italiano que fica próximo da Pampulha, é familiar e extremamente aconchegante. A comida estava maravilhosa e tudo tinha saído como planejado. Mas fiquei com vergonha de fazer o pedido ali, então resolvemos depois do jantar passear na orla da lagoa, andamos e conversamos bastante em volta da igreja, mais mesmo assim no tomei coragem para o pedido. Rs! Não por medo, mas não estava achando o momento mágico demais pra fazê-lo. Esticamos um pouco mais a noite e quando estávamos a sós no quarto chamei-a pra dançar, depois pedi champagne e em seguida me sentei ao lado dela e aí sim, o momento estava mágico o suficiente, ao som de “the only exception” fiz o pedido: “Quer casar comigo?” Mais estranhando a minha atitude ela disse: “Já tinha aceitado antes!” Aí eu completei: “Mais agora é de verdade!”, e assim mostrei o anel que paguei de 3 vezes e me dá bastante dor de cabeça com pedras que soltam lá da swarovski (tinha que registar aqui minha insatisfação com o anel), mas era exatamente a loja que vendia o anel que ela sempre descrevia quando falava desses artigos! Voltando: Ela não responde! Primeiro o susto de quem olhava sem ar, com a boca meio aberta, depois porque não conseguia parava de chorar, esperei o momento necessário, mais eu também tava nervoso né! E o “aceito” saiu quase que sussurado, parecia cinema, bonito demais! Dizem que “a vida não é feita de quanto se respirou mas dos momentos que faltam respiração”.

”Amor.... Como sei que vai ler isso. Deixo aqui mais uma vez expresso o quanto te amo e o quanto quero te fazer feliz! E são de momentos assim que vivemos, que me fazem apaixonar por você todos os dias!”

Então é só... Forte abraço à todos.



Bom, só tenho a dizer ao Gleisson e sua noiva que continuem alimentando e cultivando sempre esse sentimento tão lindo e abençoado.. No dia a dia, juntos, sempre juntos é que se faz a diferença e tornamos o amor ainda mias sólido e eterno!!! Tenho a certeza que foram feitos um para o outro e que a benção divina já foi dada... Desejo tooooda felicidade do mundo pra vcs!!!! E estou sempre por aqui no que precisarem... Agradeço pelo carinho e atenção de sempre.. O retorno e o contato de vcs me alegra muuuito, pois revivo na história de cada um, o dia do meu casamento.... Obrigada sempre!!! =D

Grande abraço, 
Fiquem com Deus...

Um comentário:

  1. Noossa.. que lindo esse relato.. parabéns por sua sensibilidade com sua amada.. e que ela saiba retribuir esse amor a você!! Que Deus continue abençoando essa união sempre!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua participação! Seu comentário será publicado logo depois de moderado... Caso queira mandar um e-mail, envie para faleconosco@planetacasorio.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...